Theme Options

Background Gradient

Main Theme Color

.invisible{visibility:hidden}@media (max-width:767px){.invisible{display:none}}.demo_options{position:fixed;font-size:14px;top:0;right:0;bottom:0;z-index:99999;-webkit-transition:all 0.3s ease 0s;-o-transition:all 0.3s ease 0s;transition:all 0.3s ease 0s;-webkit-transform:translateX(0);transform:translateX(0);background:#fff;width:275px}.demo_options:not(.off_canvas){box-shadow:0 14px 25px rgba(0,0,0,.16)}.demo_options.off_canvas{-webkit-transform:translateX(100%);transform:translateX(100%)}.demo_options .demo_btn{width:40px;height:40px;line-height:40px;text-align:center;cursor:pointer;position:absolute;top:100px;left:-35px;border-radius:500px 50px 500px 500px}.demo_options.off_canvas .demo_btn{border-radius:500px 0 0 500px;left:-45px;width:50px}.demo_options.off_canvas .demo_btn:before{content:'';display:block;position:absolute;width:100%;height:100%;top:0;left:0;background-color:inherit;border-radius:inherit;-webkit-transition:opacity .3s,-webkit-transform .3s;transition:opacity .3s,-webkit-transform .3s;transition:opacity .3s,transform .3s;transition:opacity .3s,transform .3s,-webkit-transform .3s;-webkit-animation:pulse-animation 1s cubic-bezier(0.24,0,0.38,1) infinite;animation:pulse-animation 1s cubic-bezier(0.24,0,0.38,1) infinite;z-index:-1}@-webkit-keyframes pulse-animation{0%{opacity:1;-webkit-transform:scale(1);transform:scale(1)}50%{opacity:0;-webkit-transform:scale(1.5);transform:scale(1.5)}100%{opacity:0;-webkit-transform:scale(1.5);transform:scale(1.5)}}@keyframes pulse-animation{0%{opacity:1;-webkit-transform:scale(1);transform:scale(1)}50%{opacity:0;-webkit-transform:scale(1.5);transform:scale(1.5)}100%{opacity:0;-webkit-transform:scale(1.5);transform:scale(1.5)}}.demo_content{position:absolute;top:0;right:0;bottom:0;overflow-y:auto}.demo_title{font-weight:bold;color:#ff6043;display:block}.demo_inputs > *{cursor:pointer;margin-right:10px;-webkit-transition:all 0.3s ease 0s;-o-transition:all 0.3s ease 0s;transition:all 0.3s ease 0s;margin-bottom:10px}.demo_inputs > *:hover{color:#007bff}.demo_inputs > * > input{margin-right:10px}.demo_palette,.demo_colors{margin-top:-10px}.demo_palette > *,.demo_colors > *{text-align:center}.demo_palette > * > span,.demo_colors > * > span{background-color:#c4183c;background-image:-webkit-gradient(linear,left top,right top,from(#c4183c),to(#4f37ac));background-image:linear-gradient(to right,#c4183c,#4f37ac);border-radius:500px;display:inline-block;margin-top:10px;height:30px;width:30px;cursor:pointer;-webkit-transition:all 0.3s ease 0s;-o-transition:all 0.3s ease 0s;transition:all 0.3s ease 0s}.demo_palette > * > span:hover,.demo_colors > * > span:hover{opacity:0.8;-webkit-box-shadow:0 2px 5px 0 rgba(0,0,0,.18),0 1px 5px 0 rgba(0,0,0,.15);box-shadow:0 2px 5px 0 rgba(0,0,0,.18),0 1px 5px 0 rgba(0,0,0,.15)}.demo_palette > * > span.active,.demo_colors > * > span.active{border:2px solid black}.demo_palette > *:nth-child(2) > span{background-color:#ff4800;background-image:-webkit-gradient(linear,left top,right top,from(#ff4800),to(#ff007e));background-image:linear-gradient(to right,#ff4800,#ff007e)}.demo_palette > *:nth-child(3) > span{background-color:#2b32b2;background-image:-webkit-gradient(linear,left top,right top,from(#2b32b2),to(#1488cc));background-image:linear-gradient(to right,#2b32b2,#1488cc)}.demo_palette > *:nth-child(4) > span{background-color:#f857a6;background-image:-webkit-gradient(linear,left top,right top,from(#f857a6),to(#ff5858));background-image:linear-gradient(to right,#f857a6,#ff5858)}.demo_palette > *:nth-child(5) > span{background-color:#870000;background-image:-webkit-gradient(linear,left top,right top,from(#870000),to(#c85631));background-image:linear-gradient(to right,#870000,#c85631)}.demo_palette > *:nth-child(6) > span{background-color:#028398;background-image:-webkit-gradient(linear,left top,right top,from(#028398),to(#056546));background-image:linear-gradient(to right,#028398,#056546)}.demo_palette > *:nth-child(7) > span{background-color:#c04848;background-image:-webkit-gradient(linear,left top,right top,from(#c04848),to(#480048));background-image:linear-gradient(to right,#c04848,#480048)}.demo_palette > *:nth-child(8) > span{background-color:#2f7336;background-image:-webkit-gradient(linear,left top,right top,from(#2f7336),to(#38aa5a));background-image:linear-gradient(to right,#2f7336,#38aa5a)}.demo_colors > * > span{background:#007bff}.demo_colors > *:nth-child(2) > span{background:#5cb85c}.demo_colors > *:nth-child(3) > span{background:#f0ad4e}.demo_colors > *:nth-child(4) > span{background:#d9534f}.demo_colors > *:nth-child(5) > span{background:#ff5ca1}.demo_colors > *:nth-child(6) > span{background:#a695c7}.demo_colors > *:nth-child(7) > span{background:#00aea4}.demo_colors > *:nth-child(8) > span{background:#13cf13}.home_on,.light .gradient_on{display:none}.homepage_view .home_on{display:block}.dark .uk-heading-bullet:before,.dark .demo_options hr{border-color:#444}

Apreensão do carro por IPVA atrasado em blitz é ilegal e pode gerar indenização



A irregularidade no pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), cobrado anualmente em todo o país, não pode ser motivo exclusivo para apreensão de veículos. E mais: advogados consideram que, dependendo da situação, a apreensão pode até gerar direito à indenização para o proprietário do carro. O especialista em Direito Público Luiz Fernando Prudente do Amaral explica que “a prática de confiscação dos veículos em blitz por causa do atraso do IPVA tem aumentado em todo o Brasil”. 

No entanto, o advogado considera que a apreensão exclusivamente devido ao tributo atrasado é inconstitucional. Para Amaral, é possível recorrer a outras formas de cobrança do imposto, sem precisar ofender o direito à propriedade, garantido pela Constituição Federal. “O Estado não pode executar de ofício, isto é, sem o Judiciário, o débito que o contribuinte tenha”, afirma o advogado. Ele explica que o Supremo Tribunal (STF) Federal já tomou decisões no sentido de que o Estado não pode fazer apreensão de bens para cobrar dívidas tributárias.

Contudo, as decisões se referem a questões comerciais, por isso o entendimento de que isso se aplicaria ao IPVA não é pacificado. Indenização. A possibilidade de indenização ocorreria pelo abuso de autoridade nos casos em que a apreensão do veículo ocorrer exclusivamente por falta de pagamento do IPVA. O artigo 37 da Constituição, parágrafo 6º, define que “as pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviços públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros”. Para o advogado Gustavo Perez Tavares, com base nesse trecho da Constituição, caberia ao Estado indenizar o particular afetado pelos atos de seus agentes. Segundo Tavares, seria necessária, ainda, a comprovação dos prejuízos que o proprietário do carro teve devido à sua apreensão, com a apresentação de recibos de táxi. Profissionais que utilizam o carro para trabalhar, como taxistas ou entregadores têm mais facilidade para fazer essa comprovação. O tributarista Carlos Eduardo Pereira Dutra explica que “existe uma relação de causa e efeito entre a falta de pagamento do IPVA e apreensão do veículo”.

O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CLRLV), conhecido como licenciamento, é obrigatório para o livre tráfego ao veículo, e a liberação desse documento ocorre apenas após a quitação de todas as dívidas perante o departamento de trânsito, inclusive o IPVA. Conforme o Chefe da 1ª Ciretran, Valmir Moreschi, os agentes do Detran do Paraná não apreendem veículo por atraso de IPVA, mas sim pela falta de documento de licenciamento, que é o único de porte obrigatório para evitar a apreensão o veículo. Em caso de apreensão do carro, de acordo com as normas do Detran, é necessário que o motorista vá até o pátio onde o veículo está apreendido, portando o Certificado de Registro do Veículo (CRV) em branco e Certificado de Registro de Licenciamento Veicular atual. Para isso é preciso portar RG, CPF e estar com o IPVA, licenciamento e DPVAT em dia e outros débitos, caso haja. São cobrados o valor da estadia e da taxa de remoção. Após 60 dias, se não houver manifestação e quitação dos débitos do proprietário o veículo será conduzido para leilão. Conforme o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), Curitiba tem atualmente 6 mil veículos apreendidos e a maioria é por atraso do licenciamento e alteração de caraterísticas do veículo. 

Fonte: Jornal Gazeta do Povo.

Comentários